11
Abr

A Dança da Raiva

Sobe um calor que toma a face, o coração se acelera a mil, a respiração fica ofegante e o corpo entra numa agitação impossível de conter. O estômago aperta e a única vontade genuína que se apresenta é a de gritar! ARGHHHH!Não, não estamos falando de um momento de paixão à primeira vista. Tampouco relatando o momento exato no qual uma pessoa acaba de descobrir que ganhou na loteria. Trata-se…
27
Abr

O veneno das expectativas

Acompanhe a sequência:Altas Expectativas Decepções Frustração RaivaTristezaDesesperançaNovas Expectativas...Alguém aí experimentou a amarga sensação de rodopiar neste círculo vicioso?Esperar e se frustrar comigo, com os outros, com as coisas...Na mitologia grega os centauros aparecem como uma figura a nos auxiliar na compreensão deste mecanismo. Metade homem, metade animal, eles eram intensos, impulsivos e luxuriosos. Adoravam emoções fortes, festas e ninfas. Um dos seus passatempos prediletos era sair em bando com seus arcos atirando flexas…
29
Nov

Construindo meu Próprio Caminho

Para aqueles que assistiram à minha palestra "Construindo meu Próprio Caminho" no HUB Curitiba, em 28/11, e também para quem se interessa pelo tema e quer refletir um pouco a respeito, reúno abaixo um pequeno cardápio de opções.  Sirva-se à vontade, na medida daquilo que te toca, te chama, te faz algum sentido...afinal, é sobre o SENTIDO da vida e das escolhas que se trata tudo o que vem abaixo!Mito…
19
Jul

Será que eu vou dar conta?

Sinto medo de você. Será que tenho medo de você ou tenho medo de não ser capaz de lidar com você, de lidar com a rejeição que pode vir de você, com a crítica ou com a agressão que pode vir de você?   Sinto medo diante de uma platéia lotada, tenho medo da platéia ou de não ser capaz de falar coisas que atendam as expectativas que as pessoas que estão lá sentadas…
05
Jul

Medo e COR-AGEM

- Medo, a primeira vez que você gelou minha espinha foi na hora do parto, quando eu saí assim, desse meu jeito apressado e decidido e a médica quase me deixou cair...UFA...E assim minha vida seguiu, sempre acompanhada por ti. De pé na porta de uma festinha de aniversário...No olhar de ´que me olhava´ do menininho que gostava na escola...Ao soar da campainha do Teatro Guaíra que anunciava que minha apresentação…